Tecnologia de Base

Blockchain além do Bitcoin

Blockchains vêm ganhando popularidade em diversas indústrias. Elas estão interessadas em pesquisar como podem aumentar a eficiência e resolver problemas de negócios associados à privacidade dos dados, segurança, compartilhamento e inclusão de informações.

É possível usar blockchains para aumentar o valor agregado dos negócios por meio da redução de custos e ganho de eficiência em termos de velocidade e simplicidade. Com o blockchain é possível configurar permissões, que viabiliza o uso de contratos inteligentes (smart contracts) para automatizar vários processos nas empresas.

O blockchain é geralmente associado à Bitcoin, uma criptomoeda. Porém, conforme recente matéria publicada no jornal Folha de São Paulo, a indústria fonográfica também estuda sua utilização para rastrear informações e transações comerciais para torná-las à prova de fraudes e, consequentemente, reduzindo a pirataria no mundo digital.

A motivação dos criadores do blockchain (NAKAMOTO, 2017) foi criar uma criptografia baseada em prova em vez de confiança, permitindo que duas pessoas possam fazer transações diretamente uma com a outra sem a necessidade de um terceiro de confiança, por exemplo o banco.

Segundo Nakamoto, esse tipo de transação não seria computacionalmente possível de ser revertida, protegendo vendedores de fraudes e com a implementação de mecanismos de garantia pode também proteger os compradores.

Na TIRRELL temos conhecimento sobre as mais novas tecnologias para desenvolver a solução tecnológica mais adequada para os mercados financeiro e corporativo.

Referências:

 

NAKAMOTO, S. Bitcoin: A Peer-to-Peer Electronic Cash System. Disponível em: <https://bitcoin.org/bitcoin.pdf>. Acesso em: 30 dez 2017.

NOGUEIRA, A. Streaming dá fôleghttps://bitcoin.org/bitcoin.pdfo ao setor e molda consumo. São Paulo: Folha de São Paulo, 15 dez 2017. Disponível em: < http://arte.folha.uol.com.br/ilustrada/2017/musica-muito-popular-brasileira/mercado-da-musica/>. Acesso em: 30 dez 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *